PMI realiza mega-ação de combate ao Aedes aegypti


FOTO – Em companhia de Agentes de Combate a Endemias, o prefeito
Nardyello Rocha saiu de porta em porta conscientizando a
população

Focos do mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya foram encontrados especialmente nas residências
A Prefeitura de Ipatinga iniciou na sexta-feir,18, uma mega-ação de combate aos focos do mosquito Aedes aegypti nos bairros que apresentaram índices mais elevados de infestação larvária. A intervenção imediata da administração pública se deve ao 1º Índice Rápido de Infestação do Aedes Aegypti (LIRAa) apurado em 2019,
que apontou um percentual médio de 3,6%. Segundo a pesquisa, realizada de 7 a 10 de janeiro, a proliferação tem acontecido principalmente nas residências.
Os números mais preocupantes do levantamento foram apurados nos bairros Esperança e Ideal (5,3%). Desta sexta-feira (18) até o próximo dia 26, dezenas de Agentes de Combate a Endemias (ACE’s) da Prefeitura de Ipatinga estarão em campo, atuando com com ações que visam o combate direto contra os focos do mosquito Aedes Aegypti. Os profissionais realizam visitas nos imóveis, com aplicação do larvicida e UBV leve (bomba costal para eliminação do mosquito adulto).
Mega-ação
A mega-ação desta sexta teve a participação do prefeito Nardyello Rocha, que junto com os agentes percorreu várias ruas do bairro Esperança conscientizando a população local sobre a importância da prevenção. O ponto de concentração foi a praça principal dobairro, de onde saíram em direção às casas.
Nardyello Rocha lembra que ao assumir a prefeitura interinamente, no final de abril do ano passado, encontrou o município com uma grave situação de casos de Chikungunya – 715 para cada 100 mil habitantes – e, graças a um trabalho intenso da nova gestão, esta relação caiu de 22 casos para cada 100 mil habitantes, o que fez com que a cidade passasse a ser modelo no combate ao mosquito Aedes Aegypti.
“Nós saímos da Fase 3 e passamos para a Fase Zero. E isso é fruto de uma ação em conjunto com os Agentes de Combate, somada à limpeza que está sendo feita em toda a cidade. Os números mostrados pelo LIRAa apontam os focos exatamente dentro das casas, cerca de 32%. E para combater estamos indo dentro das residências a fim de conscientizar a população para que ela faça a parte dela”, disse o prefeito, acrescentando que o grande segredo
para que os números não voltem a subir é combater a larva antes que ela vire mosquito. “Temos que matar no ninho, fazer uma ação preventiva para não permitir que as doenças transmitidas pelo vetor
venham virar doença e uma epidemia como aconteceu outrora”,finalizou Nardyello.
Mais ações
De 28 de janeiro a 1º de fevereiro as equipes dos Agentes de Controle de Endemias estarão nos bairros Veneza I e II, Parque das Águas e Planalto. Entre os dias 4 e 8 de fevereiro a mega-ação contra o mosquito será nos bairros Vila Celeste, Vale do Sol e Forquilha, sempre a partir de 9h. Já na semana que vem, o Departamento de Vigilância em Saúde realiza uma série de ações, como blitzes de conscientização em pontos estratégicos e reuniões com as associações de moradores dos bairros que apresentam índices mais preocupantes.