DECLARAÇÃO PÚBLICA


Edmar De Souza Moreira
Quero, aqui no face, afirmar novamente que não votei para presidente. Pela primeira vez não acreditei o suficiente nos candidatos para investir o meu voto. Não havia um menos pior, embora muito fanáticos continuem discutindo isso.
O que sei é que concordo com aqueles que elegeram esse presidente porque a sua vitória seria a única forma de tirar do poder uma gangue que ia nos levando para a Venezuela. A “louquinha” da Grace vacilou. Foi lá apoiar o Maduro que tirou voto do PT. Ele parceiro do PT foi um terrível mal exemplo de governança. Então os adversários exploraram exaustivamente o alarmante jargão: – Se o PT ganhar vamos virar Venezuela. E o povo de lá já estava morrendo de fome. Uma calamidade.
Agora aguardo os cem dias para saber das reais intenções da turma que tomou posse. Por enquanto são as ressacas das eleições com os vencedores não querendo descer do palanque e os perdedores, que ainda não caíram na real e não estão entendendo o recado das ruas e das urnas.
Depois da opressora ditadura militar os nossos presidentes eleitos não conseguiram nos conduzir no rumo do desenvolvimento sustentável e solucionar essa perversa concentração de renda, raiz das nossas desigualdades sociais. O mundo moderno avançou demais e nós ficamos para trás
Agora o Brasil vai ser governado por militares que voltaram ao poder pelo voto popular, por experientes técnicos e pelos Evangélicos. A sorte está lançada e eu torço para dar certo. Mas não me furtarei em tecer as mais severas críticas se a democracia, o meio ambiente, os direitos humanos forem ameaçados e o império da corrupção e da incompetência continuar.Torço pelo sucesso do Ministro Sergio Moro.
Avisa pro Benedito.
Tenho dito.