Fabriciano avança com obras do novo prédio da prefeitura


A prefeitura de Coronel Fabriciano avança com as obras de reconstrução e ampliação do novo prédio da prefeitura (Paço Municipal)- FOTO. Um novo prédio, com 2,3 mil metros
quadrados (m²) de área construída, está sendo erguido anexo ao principal. As obras contemplam ainda a recuperação e conclusão da torre inacabada com quase 900 metros quadrados (m²), exposta à ação do tempo por mais de 13 anos.
A Construtora Andrade Teixeira, empresa licitada pela Prefeitura, já trabalha na montagem da estrutura metálica da nova torre, que terá cinco andares e subsolo para garagem. O novo prédio contará com hall de entrada, banheiros masculino e feminino em todos os andares, elevador com capacidade para até oito pessoas e escada de acesso. O pavilhão em construção será interligado ao principal por passarela e vai mais que dobrar a área construída do Paço Municipal. Entre eles, no térreo haverá paisagismo e auditório com 145 lugares para realização de eventos institucionais.
A iniciativa irá centralizar o atendimento ao público nos mais variados setores, além de dinamizar o local de trabalho dos servidores e garantir mais conforto para atender aos
cidadãos. No novo prédio, funcionarão Secretarias de Governança Política; Jurídica; Financeira e Controle, Gestão e Transparência, cujos setores hoje estão em quatro imóveis alugados pelo município, no Centro. O Gabinete e a gerência de Comunicação serão transferidos para o prédio em obras.
Já o atual prédio da Prefeitura, que também será totalmente reformado, abrigará os setores de atendimento ao público como cadastros em programas municipais, emissão
de alvarás, IPTU e arrecadação, além da Secretaria de Governança Urbana, Planejamento e Meio Ambiente e os setores de Licitação e Compras.
ZELO COM DINHEIRO PÚBLICO
A Prefeitura de Fabriciano está investindo R$ 4,7 milhões no novo Paço Municipal, mais moderno e funcional. O recurso foi assegurado junto ao Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), por meio de operações de crédito para financiamento de construção, ampliação e reforma de edificações públicas. A contratação do investimento foi autorizada pela Câmara Municipal por meio de Projeto de Lei 2.580/2017.
O prefeito Dr. Marcos Vinicius, que está acompanhando pessoalmente as obras, explica a importância do investimento. “Hoje, gastamos quase R$ 2 milhões ao ano com aluguéis. Apenas com os setores que irão para o prédio da Prefeitura, são R$ 700 mil ao ano. Ou seja, a economia com aluguéis, por si só, justifica o investimento. Mas vale ressaltar que a cidade ganhará um prédio público moderno, confortável e funcional para o servidor e para o cidadão, que contará com quase todos os serviços administrativos em um só local. Isso é zelo com dinheiro público, investir em algo permanente e que melhore a vida das pessoas”, frisa o prefeito.
O prazo de execução das obras é de 12 meses, com previsão de entrega até meados de 2019.
PRÉDIO INTELIGENTE E ACESSÍVEL
Toda a obra foi projetada e é executada conforme os critérios de acessibilidade, Código de Posturas e legislação urbana vigentes no município, Estado e União, além do plano de combate a incêndio e sinistros. O novo prédio será mais moderno, inteligente e sustentável: toda a iluminação será com lâmpadas de LED, e as instalações elétricas adaptadas para receber placas fotovoltaicas (painéis solares), iniciativa que, quando implantada, vai gerar uma economia superior a 90% na conta de energia elétrica.
A engenheira civil e gerente de Planejamento Urbano e Geoprocessamento da Prefeitura, Stael Marlei, destaca ainda a preocupação com o servidor público no projeto. “O prédio contará com bicicletários e vestiários como forma de incentivar a opção pelo transporte alternativo para o trabalho, o que é mais saudável e econômico.
Cada um dos andares também será equipado com cozinha coletiva, garantindo assim o espaço adequado para quem optar por trazer a refeição de casa”, detalha.
ATUAL SEDE SERÁ REFORMADA
Em 2019, será a vez do prédio principal receber obras de reforma e modernização. O projeto está em elaboração pela Secretaria de Governança Urbana, Planejamento e Meio Ambiente. A atual administração já assegurou R$ 1 milhão de reais para custeio das melhorias, via Programa de Modernização Administrativa e Tributária (PMAT). O projeto vai acompanhar o novo bloco em construção contemplando acessibilidade, plano de combate a incêndio e sinistro, instalações elétricas inteligentes com lâmpadas de LED, dentre outras melhorias. Inaugurado em dezembro de 1970, esta é a primeira vez que o Paço Municipal passará por reforma completa.